Creio que, com o tempo, merecemos que não haja governos [Borges]

PÔR AS PERNAS DO LADO DA CABEÇA E PARTIR

Porto, 50 kg, 2015

 

 

 

 

Um corpo

rememorado

sob o escuro

das palavras

anchas

Dádiva.